19.11.07


Pavilhão dos Belenenses Editors 16.11.07 (concerto)

Desde o local do espectáculo, ao funcionamento deficiente dos bares, às 2 linhas de luz existentes num palco simples - muito simples - tudo referenciava os «gloriosos» anos 80, onde a produção de espectáculos ainda dava os primeiros passos no nosso país. À excepção de um piano vertical a meio do palco - muito Thom, muito Chris - e de um pequeno teclado digital usado pelo guitarrista apenas um par de vezes, nada mais do que uma voz cavernosa, a condução do baixo sob a bateria simples e eficaz, mais a guitarra solista exuberante e discreta que ondulava as sombras. Nada mais do que a verdade e a entrega. Um belo concerto, entre os fortes singles do primeiro disco e os temas mais épicos do segundo, com um encore absolutamente arrebatador, que para muitos terá valido a noite. Não se percebe ainda a intenção de Tom Smith - o cantor - quando sobe para cima do piano e abre os braços - mas quando sair o quarto disco já tudo estará esclarecido... ****

1 comentário:

Inter view 51 disse...

Juro, do melhor que tenho visto...

Já conhecia o Bob Lazar e sempre acreditei nele...

Sugere-se a visão das 7 entrevistas pff...

Atenção, o Victor "nome ficção" é o Bob na verdade, detentor do vídeo em que o divulga...

INCRÍVEL!!!